5 April 2017

Red Velvet Napoleons with Raspberries / Mil Folhas de Veludo Vermelho e Framboesas.


You know I can't resist a millefeuille recipe right?
Here o the blog, you can find 3 millefeuilles recipes (here, here and here) and each one, better than the previous one!!
So, as soon as I got Lorraine Pascale new book "Bake", I couldn't resist but make this millefeuilles straightaway!
The book is amazing!! Full of delicious recipes and I have lots of them already marked down to be tried.
As for this one, as expected, the millefeuilles were a true delight and a true winner and you should tried it!
Not the healthiest recipe, as you can notice by the ingredients list, but surely, a treat!!


Notes:
  • Of course, I made my own homemade puff pastry, but of course, you can use shop bought puff pastry if that makes you more comfortable.
  • Filling wise, the full fiiling recipe is too much for this recipe so, I advise you to make only half the quantity of the filling because it will be more than enough.

ingredients (makes 6):
600g Puff pastry (I made 2 x this recipe, with 4 turns each)
a little plain flour, for dusting
icing sugar, for dusting
method:
Line two large baking sheets with baking paper.
Cut the puff pastry in half and then roll each piece out on a lightly floured surface to a rectangle slightly lager than 15 x 36cm. Use the rolling pin to lift the pastry rectangles onto the the lined baking sheets.
Put them in the fridge for at least 30 minutes to firm up and allow the gluten in the pastry to relax.
Preheat the oven to 200ºC (fan 180º).
Take the pastry rectangles out of the fridge and cover each one with another sheet of baking paper.
Lay another heavy baking sheet on top - preferably one that is the same size as the one beneath.
Bake for 22 to 25 minutes, or until the pastry is crisp and golden brown.
Once the pastry rectangles are cooked, remove them from the oven and sprinkle with a little icing sugar.
Turn the grill onto a medium heat and pop each pastry rectangle underneath for the icing sugar to melt and caramelize a little, or use a blowtorch if you have one. Be careful not to burn them.
Remove the pastry rectangles from under the grill and leave to cool down completely.
Using a very sharp knife and a ruler, trim each piece to make precise 15 x 36 rectangles.
Divide each rectangle into nine smaller rectangles, each 5 x 12cm in size.
for the filling:
50g good quality white chocolate, roughly chopped
300g butter, softened
750g icing sugar
2 tsp vanilla extract or paste
few drops of red food colouring
300g cream cheese
method:
To make the filling, melt the white chocolate in a heatproof bowl, set over a pan of simmering water. Make sure the bowl does not touch the water. Leave to cool.
Put the butter and icing sugar in a stand mixer and whisk really well until light and fluffy.
Add the vanilla and the cooled melted chocolate and beat for another moment.
Add the red colouring, whisk again and then add the cream cheese and whisk for a moment. Don't over whisk the cream cheese, otherwise it will go runny.
Put the filling in a large pipping bag fitted with your chosen nozzle.
Pipe equal sized blobs of filling on top of 6 of the pastry rectangles.
Put a second layer of pastry on top of each of the preciously piped rectangles and repeat the pipping on the second layer of pastry rectangles.


to decorate:
icing sugar, for dusting
6 springs of redcurrants (I didn't find any)
175g raspberries
small handful of tiny fresh mint leaves (optional)
method:
Put a small palette knife in the centre of one of the remaining pastry rectangles. Sprinkle icing sugar all over the top, leaving an undusted stripe where the palette knife has been.
Repeat with the rest of the pastry rectangles then place each one on top of the layered pastries, giving each millefeuille three tiers.
Put a little blob of the filling at the end of each millefeuille to act as glue and arrange the redcurrants (if using) and raspberries on top.
Garnish with mint leaves (if you fancy) and serve.
__________________

Vocês sabem que eu não resisto a uma receita de mil folhas certo?
Só aqui no blogue, já há 3 receitas para mil folhas, e cada uma, melhor que a anterior...
Podem vê-las aqui, aqui e aqui.
Isto para dizer o quê? Para dizer que, assim que vi estes mil folhas no livro novo da Lorraine Pacale, o Bake, claro, não resisti e esta foi a primeira receita a sair do livro.
Um livro lindo que, confesso, estive quase para não encomendar, pois a mulher anda tão obcecada com o ginásio e a silhueta que, confesso, pensei que este livro seria um daqueles muitos que por aí andam de receitas "sem tudo"!
Depois de ver algumas imagens do livro na Amazon, claro que fiquei logo convencida e encomendei-o e que bom que o fiz, pois é magnífico mesmo!! esperem só, pois já estão marcados para fazer, outros mil folhas mais tradicionais, assim como uma pavlova e outras receitas lindas à base de suspiro que, vocês sabem, me deixam de quatro e perdida de amores...
Quanto a esta receita, a primeira, podem logo constatar pela lista de ingredientes, que não será a receita mais saudável do mundo, nem pouco mais ou menos, mas garanto! vale cada caloria que nos põe nas ancas, lol!!



Notas:
  • Eu fiz massa folhada caseira, pois já não consigo conceber a ideia de que seja de outra forma, mas sintam-se à vontade para usar da de compra, caso se sintam mais confortáveis.
  • No que toca ao recheio, deixo-vos a receita completa, mas aconselho-vos a fazerem só metade da quantidade descrita, pois eu, depois de ter recheado os 6 mil folhas, ainda fiquei com uma quantidade enorme de recheio, o que me leva a garantir que, metade da receita descrita abaixo é mais que suficiente.


ingredientes (para 6 mil folhas):
600g massa folhada (eu fiz 2 x esta receita, com 4 voltas cada)
farinha, para a bancada
açúcar em pó, para polvilhar
preparação:
Forrar dois tabuleiros grandes com papel vegetal.
Cortar a massa folhada ao meio e com o rolo da massa, sobre uma superfície ligeiramente enfarinhada, estender cada uma das metades, por forma a obter dois rectângulos, maiores que 15 x 36cm.
Com a ajuda dopróprio rolo da massa, colocar cada um dos rectângulos de massa, em cada um dos tabuleiros forrados.
Colocar os tabuleiros no frigorífico, por cerca de 30 minutos, para que a massa fique frme e para ajudar o gluten da massa a descansar.
Aquecer o forno a 200ºC (180ºC com ventoinha).
Retirar os tabuleiros do frigorífico e tapar cada um dos rectângulos de massa, com outra folha de papel vegetal.
De preferência usando tabuleiros do mesmo tamanho dos que está a usar para a massa, colocar um tabuleiro sobre cada um dos tabuleiros anteriores, por forma a que a massa não cresça desmesuradamente.
Levar os tabuleiros ao forno por cerca de 22 a 25 minutos, ou até a massa estar crocante e douradinha.
Quando a massa estiver cozida, retirar os tabuleiros do forno e polvilhar a massa com açúcar em pó.
Ligar o grill do forno e colocar a massa polvilhada com o açúcar em pó debaixo do grill, por forma a que o açúcar derreta e a massa caramelize.
Caso prefiram ou tenham, podem antes usar um maçarico de cozinha e na verdade, foi o que eu usei. Seja qual for o método utilizado, atenção para não deixar queimar.
Retirar os rectângulos de massa de debaixo do grill e deixar arrfecer completamente.
Com a ajuda de uma faca bem afiada e de uma régua, aparar os dois rectângulos de massa, por forma a obter dois perfeitos rectângulos de 15 x 36cm.
Dividir cada um dos rectângulos anteriores, em 9 rectângulos de 5 x 12cm, obtendo assim um total de 18 pequenos rectângulos.
para o recheio:
50g chocolate branco da melhor qualidade, picado grosseiramente
300g manteiga, amolecida
750g açúcar em pó
2 colheres chá de pasta ou extracto de baunilha
umas gotas de corante vermelho para culinária
300g queijo creme (tipo Philadelphia)
preparação:
Derreter o chocolate numa taça, colocada sobre um tacho de água a ferver, tendo cuidado para que a taça não toque na água. Deixar arrefecer o chocolate derretido.
Na taça da batedeira eléctrica, colocar o açúcar em pó e a manteiga, e bater bem, até obter uma mistura cremosa e macia.
Adicionar a baunilha e o chocolate derretido e arrefecido e bater muito bem.
Adicionar o corante vermelho (a gosto) e bater.
Adicionar o queijo creme e bater até tudo estar bem incorporado. Atenção para não bater em demasia, senão o queijo passará do ponto, e a mistura ficará líquida.
Colocar a mistura num saco de pasteleiro grande, equipado com um bico a gosto.
Com a ajuda do saco de pasteleiro, decorar uniformemente, a superfície de 6 rectângulos de massa folhada.
Colocar um segundo rectângulo de massa sobre cada uma das camads anteriores e decorar novamente com o recheio.
para decorar:
açúcar em pó, para polvilhar
6 pés de groselhas vermelhas (eu não encontrei frescas e portanto não usei)
175g framboesas frescas
folhas pequenas de menta (opcional)
preparação:
Colocar uma espátula sobre o centro da superfície de cada um dos 6 restantes rectângulos de massa.
Polvilhar com açúcar em pó, por forma a que só fique sem açúcar, a zona  onde a espátula estava assente. Repetir para os 6 rectângulos.
Colocar cada um destes rectângulos sobre as duas camadas anteriores de cada mil folhas, obtendo assim 6 mil folhas de três camadas cada.
Colocar um bocadinho do recheio na extremidade de cada rectângulo para servir de cola e sobre este, colar as framboesas e groselhas, caso usem.
Decorar com folhas de menta (caso usem) e servir de imediato.

Recipe / Receita: