Páginas

15 June 2017

Chocolate and Cherry Cake / Bolo de Chocolate e Cerejas.


Who doesn't love cherries?
I certainly love them and they are very highly positioned as one of my top, top favourite fruits.
Chocolate, cherries and cream are a combination made in heaven and this cake, that I wanted to try since last year, is one of the best cakes I ever had.
Actually, I love Simmone Logue cakes. They are always so moist, flavourful and balanced that I almost dare to say that this author is a "cake fairy".
This chocolate and cherry cake that I'm sharing today and this Victoria Sponge that I've already made twice are, until today, my favourite cakes of all times!
The recipe, of course, is from Simmone Logue "In the Kitchen" cookbook. A book that I treasure as one of the best books I have.
Forgive me the total lack of "cake slices" photos but, I took this cake to a party and before I noticed, there was only crumbs on the plate. YES! That's how good and delicious it is!
In case you want to try it and corroborate my opinion, here's the recipe.

for the cake:
300g unsalted butter
100g good quality unsweetened cocoa powder
360g caster sugar
400g self raising flour, sifted
1 tsp bicarbonate of soda
1 tsp baking powder
3 large free range eggs
1 heaped tbsp sour cream
50ml vegetable oil
method:
Preheat the oven to 170ºC.
Grease a 23cm round cake tin and line the base and sides with baking paper.
Place the butter and 300ml of water in a saucepan. Bring to the boil until all the butter has melted. Set aside.
Sift the cocoa powder into a large bowl. Pour in the melted butter mixture and whisk until smooth.
Add the sugar, sifted flour, bicarbonate of soda and baking powder and mix until combined.
Add the eggs, one at a time, whisking well after each addition.
Add the sour cream and vegetable oil and mix until smooth.
Pour the batter into the cake tin and bake for 45 minutes or until a skewer inserted into the middle of the cake comes out clean.
Remove from the oven and leave to cool in the tin for 5 to 10 minutes, then turn out onto a wire rack and leave to cool completely.
for the ganache:
150ml double cream
150g good quality milk chocolate, chopped
method:
Pour the cream into a saucepan and bring to a simmer.
Remove from the heat and add the chocolate.
Stir until the chocolate has melted and the ganache is smooth and shiny.
Let the ganache cool for one hour or until spreadable.
to finish:
6 tbsp Kirsch (optional)
400ml double cream, whipped to soft peaks
400g tined or bottled pitted sour cherries, drained (I used pitted and halved fresh cherries)
100g fresh cherries, stems intact


to assemble:
To assemble the cake, slice the cake into 4 even layers.
Place one cake layer on a cake stand.
Sprinkle with 2 tablespoons of the Kirsch, if using.
Spread 1/3 of the whipped cream over, then dot with 1/3 of the drained cherries.
Repeat to make another 2 cake layers, then place the last cake layer on top.
Using a spatula, spread the cooled ganache over the top of the cake and top with the whole fresh cherries.
__________________

Para este mês de Junho, a Marta escolheu as cerejas como sendo o ingrediente do mês!
Quem não gosta de cerejas? Cá eu confesso que adoro e estão lá bem no topo das minhas frutas preferidas.
Chocolate, cerejas e natas! Uma combinação dos céus e que é a combinação deste bolo maravilhoso que hoje vos deixo.
Um bolo super leve, húmido, equilibrado, não muito doce e nada, nada enjoativo.
Aliás, este bolo, a par, com este Victoria Sponge (que já fiz duas vezes), são, até hoje, os meus bolos preferidos e os únicos que repetiria vezes sem conta e sem pensar duas vezes, o que me leva a acreditar que esta autora é uma "Fada dos Bolos".
Coincidência ou não, são ambos receitas da mesma autora, a Simmone Logue e do seu livro maravilhoso, o "In the Kitchen", um livro que adoro de paixão e do qual, além do Victoria Sponge acima mencionado, podem encontrar outras receitas de salivar aqui no blogue, como estes folhados de Cornwall, esta pie maravilhosa de bacon e ovo, este caril de frango que é de comer e chorar por mais e esta salada magnífica com couve flor e cevadinha.
Começo já por pedir desculpas pela total ausência de fotos do interior do bolo, algo que sabem, detesto, mas eu explico...
Levei este bolo para uma festa entre amigos, convencida que depois de aberto poderia tirar uma ou outra fotos das fatias. Acreditem ou não, assim que foi aberto e enquanto o diabo esfregou um olho, quando olhei para o prato, já só havia migalhas para contar a história, o que, para mim, só vem corroborar o que acima escrevi. Melhor bolo e combinação de sempre!!
Acreditem que se ouso deixar-vos a receita, ainda que sem fotos do interior, é porque vale mesmo a pena experimentar este pecado de bolo.
Assim sendo, aqui fica. Experimentem e nem precisam de me agradecer, pois o sorriso que este bolo colocará nas vossas caras, será o melhor agradecimento de sempre!


para o bolo:
300g manteiga sem sal
100g cacau em pó, da melhor qualidade
360g açúcar refinado branco
400g farinha de trigo com fermento, peneirada
1 colher chá de bicarbonato de sódio
1 colher chá de fermento em pó
3 ovos grandes (L), de preferência caseiros
1 colher sopa bem cheia de sour cream (natas azedas)
50ml óleo vegetal
preparação:
Aquecer o forno a 170ºC.
Untar uma forma redonda de 23cm de diâmetro e forrar a base e lados com papel vegetal.
Num tacho, colocar a manteiga e 300ml de água. Levar ao lume até levantar fervura e a manteiga estar derretida. Reservar.
Peneirar o cacau para uma taça larga.
Adicionar a mistura da manteiga derretida e mexer bem, até obter uma mistura cremosa e macia.
Adicionar o açúcar, a farinha peneirada, o bicarbonato e o fermento e misturar até tudo estar bem combinado.
Adicioanr os ovos, um de cada vez, batendo bem entre cada adição.
Adicionar o sour cream e o óleo e envolver tudo muito bem, por forma a ober uma mistura cremosa e homogénea.
Deitar o preparado na forma e levar ao forno por 45 minutos, ou até um palito inserido no meio do bolo, sair completamente limpo.
Retirar o bolo do forno e deixar arrefecer na própria forma por 5 ou 10 minutos e em seguida desenformá-lo sobre uma grelha para completo arrefecimento.
para o ganache:
150ml natas para culinária
150g chocolate de leite, da melhor qualidade, picado grosseiramente
preparação:
Colocar as natas num tacho e levar ao lume até estas quererem começar a ferver (nunca deixar ferver).
Retirar o tacho do lume e adicionar o chocolate.
Mexer com as varas de arame, até o chocolate estar completamente derretido e a mistura estar macia e brilhante.
Deixar arrefecer até obter uma consistência "barrável".
para terminar:
6 colheres sopa de Kirsch (opcional)
400ml natas, batidas em picos ligeiros
400g cerejas ou ginjas, de lata ou frasco, sem caroço e bem escorridas (eu usei cerejas frescas que descarocei e cortei em metades).
100g cerejas frescas, com pé, para decorar


para montar o bolo:
Cortar o bolo em 4 rodelas (discos) de igual espessura.
Colocar um disco de bolo sobre um prato de serviço ou cake stand e, caso usem, regar com 2 colheres de sopa do Kirsch.
Cobrir com 1/3 das natas batidas e 1/3 das cerejas escorridas (ou frescas como eu usei).
Repetir o processo mais duas vezes, até obter um bolo de 3 camadas.
Colocar o último disco de bolo no topo das 3 camadas anteriores.
Cobrir este último com o ganache, espalhando-o com a ajuda de uma espátula.
Decorar com as cerejas com pé e servir.

Recipe / Receita: